The Fault in Our Stars - Diagnosed with Stage IV thyroid cancer at 12, Hazel was prepared to die until, at 14, a medical miracle shrunk the tumours in her lungs... for now. Two years post-miracle, sixteen-year-old Hazel is post-everything else, too post-high school, post-friends and post-normalcy. And even though she could live for a long time (whatever that means) Hazel lives tethered to an oxygen tank, the tumours tenuously kept at bay with a constant chemical assault. Enter Augustus Waters. A match made at cancer kid support group, Augustus is gorgeous, in remission, and shockingly to her, interested in Hazel. Being with Augustus is both an unexpected destination and a long-needed journey, pushing Hazel to re-examine how sickness and health, life and death, will define her and the legacy that everyone leaves behind.

Depois de muito ouvir falar do livro e de assistir o filme, decidi ler e ganhei o livro de presente de uma amiga minha, a minha versão esta em inglês.
Hazel tem câncer e ela passa seus dias assistindo televisão e lendo, seus pais não querem que ela tenha esse comportamento depressivo e que ela deve aproveitar cada dia que lhe resta,então ela vai a um grupo onde ela pode conhecer pessoas que estão passando por casos parecidos com o dela e é nesse grupo onde ela conhece Augustus um garoto que conseguiu vencer o câncer.

Hazel fica incomodada com a forma que ele fica encarando, mas ele é um garoto que não tem nada a perde e quer viver cada dia de sua vida de uma forma intensa,ele quer conhecer Hazel como pessoa e não ficar pensando na doença que ela tem ou transformar ela na menina que tem câncer, como todos fazem quando alguém é diagnosticado.

Eu gostei muito do livro e adorei o Augustus, a história em si é bem leve,nada muito dramático ou que te faça chorar um rio de lágrimas (pelo menos eu não chorei), comparado a outros livros e a um outro filme que vi que tem a mesma vibe e que tem mais detalhes sobre o tema,pretendo ler outros livros do autor.

Quotes
""Because you're beautiful. I enjoy looking at beautiful people,and i decided a while ago not to deny myself the simpler pleasures of existence"

"No matter how hard you kick, no matter how high you get,you can't go all the way around."

"I'm in love with you, and i know that love is just a shout into the void,and tha oblivion is inevitable, and the we're all doomed and that there will come a day when all our labor has been returned to dust, and i know the sun will swallow the only earth we'll ever have, and i am in love with you."

Espero que tenham gostado da resenha,beijos.

3 Comentários

  1. Ô livrinho famoso hein! nunca li, mas dá até vontade de tanta resenha que já vi sobre ele
    haha to seguindo o blog
    beijos

    http://nailpeliculas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu já tinha lido o livro faz um tempo e é um dos que eu mais curto do John, apesar de Cidades de Papel ser o meu favorito do autor.

    ResponderExcluir
  3. Já li o livro, mas ainda não tive coragem de ver o filme dele, acredita? Tô com medo de não gostar, haha!

    Um bj,
    Re

    ResponderExcluir