Na cidade de Berlin nos anos 70, Christiane (Natja Brunckhorst), uma linda adolescente, mora com sua mãe e sua irmã menor em um típico apartamento da cidade. Ela é fascinada para conhecer a "Sound", uma nova e moderna discoteca. Apesar de menor de idade ela pede a sua amiga para leva-la lá ela conhece Detlev (Thomas Haustein), assim ela se aproxima do terrível mundo das drogas. Primeiro é o álcool, depois a maconha, assim passo a passo ela começa a mergulhar cada vez mais profundamente no submundo do vício e da prostituição colocando-se à beira da morte. Um filme de cenas fortes e muito reais que nos transmite os horrores do mundo do vício entre os jovens.


Faz muito tempo que assistir esse filme, para ser mais exata uns dez anos e lembro de ter ficado angustiada ao ver que não tinha um final feliz nele.
Christiane assim como toda adolescente tem vontade de ir para um lugar legal, conhecer pessoas novas e é dessa forma que ela entra num caminho sem volta, no começo ela faz por diversão e sem ter como sustentar o vício ela começa a se prostituir, ela namora Detlev ele também se prostitui para sustentar o vício por heroína mas Christiane não gosta muito e fica com ciúmes.

No decorrer do filme você percebe como a falta de higiene e cuidado é algo comum entre os viciados, um pegando a seringa do outro e dormindo em qualquer lugar, fazem de tudo para poder comprar drogas e várias pessoas morrem por causa do vício.

Dizem que o livro é melhor e mais detalhado, depois de muitos anos acabei descobrindo que a Christiane realmente existe e que até hoje ela não conseguiu se livrar do vício, o que é muito triste.
Tem o livro mas ainda não sei se terei coragem de ler,mas recomendo que assistam o filme.

3 Comentários

  1. Meu Deus!!!!!
    Sou um pouco sensível para este tipo de coisa e ta aí um filme que eu não fiquei com muita vontade de ver. Sou do tipo alienada, deixa a realidade longe do meu lazer! Não sei se vou querer ler o livro, talvez, mas é triste saber que é uma história real. Me deixa um pouco desconcertada. Mas de qualquer forma, é uma ótima recomendação, porque, no fim, é uma realidade provável de acontecer com qualquer um. Mas ainda estou um pouco chocada e sem querer ver, por hora XDD
    De qualquer forma, adorei o blog. Beijos!

    Chel Lima - http://corujando.org

    ResponderExcluir
  2. Eu nunca li mas após ver esta publicação fiquei curiosa! Parece ser bem o tipo de filmes que eu gosto :)

    ResponderExcluir
  3. Lembro que assisti esse filme quando tinha 13 anos e fiquei muito chocada. Na realidade, li o livro primeiro, mas os dois são bem fortes. Honestamente, ele me ajudou muito, por ter me chocado, pra não repetir os passos dela. Sei que muita gnte pode assistir/ler e pensar o contrário, mas quando soube que a história era real, comecei a levar muito mais a sério.

    E eu nunca mais tive uma visão boa da Alemanha. Quer dizer, é um país sensacional, mas sempre vai ter aquela aura meio "depressiva" pra mim, sabe? No filme eles mostram isso tão bem que até visitar vai ser a única coisa que vou conseguir pensar.

    Pale September

    ResponderExcluir