Sinopse - Os Diários de Carrie - Candace Bushnell

Os Diários de Carrie começa no último ano de Carrie do ensino médio. Ela e seus melhores amigos Walt, Lali, Maggie são inseparáveis. E então Sebastian Kydd entra em cena. Sebastian é um bad boy, intrigante e imprevisível. Carrie está em um relacionamento que ela sempre quis ter na escola, até que a traição de um amigo a faz questionar tudo. Com seus tempos de colégio chegando ao fim, Carrie vai perceber que chegou finalmente a hora de ir atrás de tudo o que ela sempre quis.

Os fãs de Carrie vão aprender sobre seus antecedentes familiares – como ela encontrou seu talento para a escrita, e a impressão que suas amizades e relacionamentos deixaram sobre ela.

Carrie e sua melhor amiga Lali querem arrumar um namorado, e ela acha que suas chances vão melhorar quando Sebastian Kydd volta para o colégio, a mãe dele era melhor amiga da mãe de Carrie mas eles nunca se falaram. Carrie tem o sonho de se escritora, sua mãe morreu e ela mora com o pai e as duas irmãs Missy e Dorrit, Missy é a irmã do meio enquanto Dorrit é a mais nova que esta numa fase rebelde, ela pintou o cabelo de rosa e azul e anda criando muitos problemas para a família e o pai dela não sabe mais o que fazer  para que ela pare de se comporta assim. Quando Sebastian volta para o colégio todo mundo começa a criar rumores sobre o por que dele ter sido expulso do antigo colégio, mas as meninas não se importam metade delas querem namorar com ele.

Carrie começa a namorar com Sebastian mesmo depois dele ter demorado uma semana para ligar para ela, mesmo sabendo que ele paquerou ela no mesmo dia em que estava ficando com sua pior inimiga mas ela resolveu arriscar mesmo assim, ela estava preocupada achando que não era sexy e bonita o bastante ao descobri que suas amigas já tinham perdido a virgindade e ela não, mas depois de começar a namorar com ele muitas coisas estranhas acontecem principalmente quando sua melhor amiga Lali começa a agir de forma estranha, Carrie pensa que ela deve esta chateada por ela esta namorando ou por que ela não tem dado muita atenção a Lali. Sebastian também anda estranho ele não entende que o grande sonho de Carrie é ser uma escritora e que ela tem que fazer certos sacrifícios como fazer parte do jornal da escola e ter boas notas, mas apesar de esta namorando Carrie nunca se esquece dos amigos.


Eu li o livro em inglês mesmo o preço do livro em português esta meio salgado a Carrie do livro é tão irritante quanto a Carrie da série só que mais nova e mais insegura, eu admirei o fato dela conseguir dar atenção aos problemas dos amigos, namorar e se dedicar a correr atrás de seus sonhos, mas a condeno pelo fato dela ser a irmã mais velha e esta tão focada em agradar o namorado e esquece completamente dos problemas da família, não custava nada ela conversa civilizadamente com a irmã que chegou a ser presa três vezes e mesmo depois de conseguir por sorte fazer trabalho comunitário ela continua aprontando e Carrie não faz nada por que ela esta muito ocupada cuidando do mundinho dela isso realmente me irritou, mostra que a irmã mais nova de Carrie foi a mais prejudicada com a morte da mãe talvez por que ela tenha passado menos tempo com ela e isso já explicaria esse comportamento dela.
Carrie  é igual a personagem da série encontra dois caras interessados nela e como sempre faz a escolha errada, ela passa o livro todo se culpando por tudo pelo fato de não ter tempo o suficiente para ficar com o Sebastian, por não entender que sua melhor amiga esta sem namorado e tentar entender esse comportamento estranho dela e por não ter contado ao George que ela já tinha namorado e por não ter pedido desculpas para ele pelo fato dela ter alimentado as esperanças do pobre coitado, mas são poucas as vezes em que ela se sente culpada por não presta atenção no comportamento da irmã.

O livro é muito previsível a própria sinopse esta cheia de spoilers e achei que o livro deveria ter menos páginas por que ficou muito cansativo, o livro também fala de traições e de homossexualismo mas de uma forma menos agressiva nada que vá chocar ou coisa parecida, Carrie não é e nem nunca foi a minha personagem favorita da série, eu sempre gostei mais da Samantha e da Miranda, sei que muitos fãs órfãos da série vão assistir a série inspirada nesse livro vamos vê como fica, eu gostei da ideia de mostra como elas se conheceram, e realmente espero que o próximo livro seja melhor.
Para quem tem interesse de ler esse livro em inglês ele é bom não tem gírias e nem palavras abreviadas.

Espero que tenham gostado da resenha até a próxima.

2 Comentários

  1. Nunca fui fã da série para falar a verdade. E você tem razão, a Carrie é suuuper irritante (e superficial), nunca entendi o que os fãs vêem nela.

    ResponderExcluir
  2. Então, eu nunca li esse livro, e nem muita vontade, para falar a verdade, porque eu não sou fã da série, nem dos filmes...
    Muito boa a sua resenha!
    Beijos!

    ResponderExcluir